Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quanto Mais Quente Melhor

Doces com coração (e umas coisas salgadas pelo meio). Food porn descarado da cozinha (e das viagens) de uma jornalista doceira.

Reciclagem ou reinvenção?

Restos do almoço de ontem ou uma nova vida para comida que parecia destinada à forca do prato aquecido? A questão apoquentou-me esta manhã.

 

Tinha feito ontem uma vitela estufada. Maravilhosa...tempero a puxar pela pimenta, aromas a salsa, tomilho e alecrim, com um toque de vinho rosé (não foi propositado, não havia branco cá em casa...um acidente destinado a tornar o prato melhor). Somos só dois e sobrou que se fartou.

 

Hoje, olhei para ela e ela falou comigo da prisão do seu tupperware, a tremer de frio no frigorífico. Disse-me: "Não me aqueças só, dá-me um novo visual." Eu fiquei com pena, pobrezita, e acedi ao pedido.

 

Tinha massa folhada fresca em casa e acabei por dar nova vida à minha carne nestes magníficos pastéis, a prova de que as sobras de um fazem a nova experiência gourmet do outro. Houve dedos lambidos, posso assegurar.

 

 

 

 

E sobrou recheio...Com sorte ainda há croquetes deliciosos amanhã.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.